Buscar
  • Clínica de Olhos Jund Eye

Cuidados Básicos com os Olhos

Atualizado: Jan 16

A rotina de quem trabalha em frente ao computador, passa várias horas do dia olhando para a tela do celular ou muito tempo na frente da televisão, acaba maltratando a saúde dos olhos. Por mais que imaginemos que isso seja natural, sentimos dores de cabeça, ardência, vermelhidão e até lacrimejamento.


Para ter uma visão saudável é importante tomar alguns cuidados com a higiene dos olhos, tendo ciência de determinadas atitudes que possam prevenir danos à visão.

Cultivar alguns hábitos será eficiente para manter a saúde desses órgãos tão sensíveis, mas que estão sempre expostos ao contato natural, físico ou cosmético.

Segundo os dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbios de visão. Porém, se fossem tratados com antecedência, poderiam ter sido evitados.

Em função disso, selecionamos algumas dicas capazes de prevenir e evitar outros problemas oculares para o final do ano.


DICA 1: USE ÓCULOS DE SOL DE QUALIDADE

Chegamos ao verão, uma época do ano que exige atenção extra com a visão. É que os olhos podem sofrer agressão da radiação solar e ficar mais expostos a lesões na córnea e na retina, bem como a doenças como catarata e pterígio (a formação de uma membrana sobre o globo ocular). Daí a importância dos óculos de sol, artigos que, desde sua invenção, se tornam cada vez mais populares no mundo.

Utilizados tanto para fins estéticos como para providenciar melhor conforto visual, eles devem apresentar uma característica importante, porém muitas vezes negligenciada na hora da compra: a proteção contra os raios ultravioleta (UVA e UVB). Tal proteção deve ser atestada e adequada para barrar, de fato, os efeitos nocivos do sol.


DICA 2: PROTEJA OS OLHOS DA FUMAÇA E FOGOS DE ARTIFÍCIOS



A queima de fogos é um ritual tradicional nessa época do ano, especialmente ano novo. Apesar de ser um lindo espetáculo, milhares de pessoas são internadas por ano para tratamento de queimaduras provocadas pelos fogos e além das queimaduras, as explosões podem causar mutilações, perda de visão, surdez e até mortes.

Os olhos são a parte do corpo humano que mais são prejudicados pelas explosões, por isso, é preciso tomar os devidos cuidados, pois a brincadeira pode terminar em graves consequências para a visão que podem ser irreversíveis. O calor e a fumaça podem causar ardor, queimação, vermelhidão, lacrimejamento e coceira. Em casos mais graves pode evoluir para uma conjuntivite e até lesões sérias nos olhos.


Respeite o limite colocado de aproximação da área de fogos!

Em caso de acidentes, lave os olhos com bastante água ou soro fisiológico durante alguns minutos, evite coçar e mexer, tampe o olho com gaze ou pano limpo e procure ajuda médica imediatamente.


DICA 3: CUIDE DOS OLHOS NA PISCINA



Para que as águas das piscinas fiquem sempre claras e limpinhas é preciso que elas sejam tratadas com cloro, uma substância cheia de elementos químicos que podem irritar os olhos – principalmente se você já tem alguma alergia ou predisposição alérgica a um de seus componentes.

Contudo, a alergia não é fator determinante para que os olhos fiquem vermelhos: quem abre muito os olhos dentro da água de piscinas provavelmente terá irritação dos olhos pelo excesso de produtos químicos e pela própria água, que, com os elementos usados no seu tratamento, pode perder o seu PH neutro.

Contudo, o maior vilão das piscinas para os olhos não é nem o cloro, mas sim o aquecimento, que transforma a água com cloro em uma receita perfeita para o desconforto ocular – e pode causar sérias doenças: um ambiente úmido e quente é, praticamente, uma festa a céu aberto para as bactérias.

Para evitar esses pontos negativos sem deixar de se refrescar no calor, vá de óculos de mergulho para a piscina! Se o intuito for mergulhar de olho aberto, esse é um acessório que não pode faltar na mochila de clube, nem do adulto e nem da criança.


DICA 4: FECHE OS OLHOS VÁRIAS VEZES POR DIA



Interromper o que está a fazer e fechar os olhos durante alguns segundos é outro exercício importante, que ajuda a relaxar os olhos, uma vez que ao serem fechados não necessitam de focar em nada, prevenindo assim o cansaço ocular e outros problemas como dores de cabeça.

Além disso, piscar os olhos várias vezes enquanto foca a tela do computador ou do tablet também é muito importante para garantir que os olhos se mantenham hidratados. Esta pequena preocupação ajuda a prevenir o ressecamento do olho, ajudando assim a prevenir o surgimento de problemas mais graves como a doença do olho seco.



DICA 5: NÃO DURMA COM MAQUIAGEM

A higiene dos olhos é muito importante para a saúde ocular, sendo importante manter os olhos limpos, especialmente no final do dia ou antes de ir dormir, pois caso contrário podem entrar partículas de cosméticos nos olhos que podem provocar irritações. Por isso, mantenha sempre os olhos sem resíduos de maquiagem, cremes ou outras soluções.

Antes de tocar nos olhos lave sempre as mãos, para evitar irritações ou infecções não desejadas como conjuntivite e evite ambientes com muito pó e fumaça, preferindo os bem arejados ou ao ar livre.


DICA 6: NÃO USAR ÓCULOS DE GRAU DE OUTRA PESSOA

Os óculos de grau são um utensílio individual, que não deve ser emprestado ou transmitido para outras pessoas, pois cada pessoa necessita da sua própria graduação, que deve ser prescrita por um oftalmologista. Além disso, não devem ser usados, pois embora não piorem a visão, acabam causando dores nos olhos e de cabeça ou tonturas.

Comprar óculos nos camelôs também não é uma boa opção, pois a graduação que possuem pode não ser a correta, o que acaba cansando os olhos por estes necessitarem de realizar um maior esforço para focar.

A alimentação também pode ajudar a proteger os olhos, pois alguns nutrientes, como vitamina A, E e ômega-3, são essenciais para manter a saúde dos olhos e prevenir doenças e problemas de visão, como Doença do Olho Seco, glaucoma e degeneração macular.


DICA 7: NÃO USE COLÍRIOS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA



Os colírios são considerados remédios e por isso não devem ser usados sem acompanhamento médico, mas como todo remédio, estes também possuem indicações específicas e contraindicações.

O seu uso sem indicação médica embora possa aliviar os sintomas apresentados, pode não estar tratando a doença, acabando assim por mascarar os sintomas.

Siga as digas e cuide bem dos seus olhos pois eles são as janelas da alma!


#blogjundeye #cuidadocomosolhos #olhoseco

45 visualizações

Tel: 011-4521-3966

Rua Anchieta, 631/639, Vila Boaventura, Jundiaí-SP

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon