Buscar
  • Clínica de Olhos Jund Eye

Olhos que Lacrimejam muito, Fique Atento!

Atualizado: Jan 8


Olhos lacrimejantes: O que eles estão tentando lhe dizer? Os seus olhos estão mais úmidos do que deveriam?


Se você tem olhos vermelhos e lacrimejantes, a causa pode ter diversas origens. Se a origem for uma substância irritante externa, a reação dos seus olhos pode ser completamente normal. As lágrimas ajudam a acalmar os seus olhos, mantendo-os lubrificados. Se estiver num ambiente de pó ou fumaça, os seus olhos defendem-se criando uma barreira de lágrimas.


Mas o que se passa se você tem os olhos constantemente lacrimejando, mesmo quando muda de ambiente?


Vamos ver as possíveis causas disto e o que você pode fazer para ajudar.


Causas de olhos lacrimejantes

Se você tem olhos vermelhos e lacrimejantes, uma das primeiras causas pode ser uma alergia. Mesmo que nunca tenha tido alergias quando criança, os nossos organismos mudam à medida que envelhecemos e aquilo que está bem num ano, pode mudar no seguinte.


Uma alteração no seu ambiente também pode desencadear uma reação alérgica.

Isto não implica necessariamente em mudar para uma zona cheia de pólen; a causa pode ser mais sutil. Faça estas perguntas a si mesmo:

· Você mudou recentemente para uma casa nova?

· Um dos seus amigos arranjou recentemente um novo animal de estimação?

· Você tem um emprego novo?


Cada um destes fatores poderia trazer novas substâncias irritantes para os seus olhos.

Se nenhuma destas é a sua situação, existem outras possibilidades para os seus olhos excessivamente lacrimejantes. A idade tem de ser considerada.


Tratamento para os olhos lacrimejantes: O que você pode fazer

À medida que envelhecemos, a qualidade das nossas lágrimas diminui. As lágrimas são mais do que apenas água. O nosso organismo cria uma mistura para manter os nossos olhos lubrificados. Se os seus olhos não estiverem recebendo a umidade de que necessitam, podem tentar compensar formando lágrimas, o que provoca os olhos lacrimejantes.

Sabia que epífora é o nome dado à condição que faz os olhos lacrimejarem espontaneamente, especialmente pelos cantos, sem qualquer explicação aparente?

Ao invés de todas as lágrimas serem drenadas para o sistema nasolacrimal, há algum bloqueio que induz o líquido a escorrer pelo rosto. O oftalmologista Paulo Eduardo Casarin Comegno, da Clínica Jund Eye, de Jundiaí-SP, lembra que a lágrima é essencial para a lubrificação da superfície ocular – o que contribui para manter a saúde dos olhos e a clareza da visão. "Esse lacrimejamento espontâneo pode ser tratado com sucesso na maioria dos casos. Mas é preciso identificar a causa, que tanto pode ser o bloqueio de um ducto lacrimal, quanto uma excessiva produção de lágrimas", comenta o especialista.


Mas há também irritações que podem aumentar a produção de lágrima, como uma tentativa do próprio corpo se livrar do que o está incomodando. "A conjuntivite alérgica ou infecciosa costuma aumentar a produção de filme lacrimal durante a fase crítica da doença. O mesmo ocorre quando a pessoa leva alguma pancada no olho, e até mesmo quando entra em contato com químicos, fumaça ou cebolas, que são altamente irritantes por conta do gás liberado. Outra causa comum é a fotofobia [reação à claridade excessiva] e o crescimento de cílios no sentido oposto ao que deveria crescer, ou seja, eles nascem para dentro e acabam irritando os olhos, favorecendo o lacrimejamento", esclarece Dr. Paulo.



Dr. Paulo afirma que há várias outras causas a serem investigadas, como ceratite (infecção da córnea), úlcera, terçol, e até mesmo o uso de certos medicamentos que favorecem a síndrome do olho seco. "A síndrome do olho seco provoca vários tipos de desconforto, desde uma leve irritação, até coceira em excesso, sensação de queimação e dor. Essas alterações também podem estimular a produção de lágrima, fazendo com que o paciente se queixe de lacrimejamento excessivo. Sendo assim, a primeira medida é avaliar cuidadosamente o olho do paciente, a fim de checar se o lacrimejamento ocorre em apenas um olho, se está associado a uma lesão, infecção, acidente, ou a qualquer outro fator. Com o diagnóstico em mãos, o oftalmologista pode dar sequência ao tratamento, que pode incluir a desobstrução do ducto lacrimal ou até mesmo a criação de um novo canal nasolacrimal".


INFORMAÇÕES PARA IDOSOS

Com a idade, os dutos lacrimais vão se estreitando (dacriostenose adquirida). Tal estreitamento é causa comum de olhos lacrimejantes sem causa aparente em pessoas de idade. No entanto, também é possível a completa obstrução do duto lacrimal. Raramente a causa poderá ser um tumor no saco lacrimal.

Vimos vários motivos que podem provocar um lacrimejar constante nos olhos e em casos que este processo não termina, o recomendado é procurar um especialista, nunca se automedicar com colírios indicados por amigos ou familiares. Isto pode até mesmo piorar o problema.

Qualquer dúvida deixe nos comentários abaixo, que respondo em seguida.

Até breve.

77 visualizações

Tel: 011-4521-3966

Rua Anchieta, 631/639, Vila Boaventura, Jundiaí-SP

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon