Buscar
  • Clínica de Olhos Jund Eye

SEGURANÇA DO USO DE LENTES DE CONTATO GELATINOSAS EM CRIANÇAS



Uma dúvida frequente entre os pais que têm filhos que usam óculos, é se eles podem utilizar lentes de contato e a partir de qual idade seria indicado.


Não é recomendado que crianças utilizem lentes de contato com a mesma frequência que os adultos, porém existem algumas situações em que isto pode ser aceitável e em outras até mesmo muito úteis ou necessárias.

O olho é um sistema óptico, que, em condições normais, permite que as imagens sejam formadas na retina (membrana que recobre a face interna do olho e que contém as células capazes de captar os sinais luminosos). Cada olho tem um certo poder óptico, chamado poder de refração. Erros de refração são anomalias do poder de refração, o que torna a imagem projetada não clara na retina.


Erros de refração são geralmente constitucionais (congênita), embora em alguns casos possa ser secundária (adquirida). Quando os erros de refração são constitucionais, são chamados de ametropia. Ametropias são miopia, hipermetropia e astigmatismo.


Crianças com altas ametropias e que façam alguma atividade esportiva ou de lazer, onde o desempenho e a satisfação em praticá-las está relacionada ao fato de enxergar bem, são algumas das situações em que pode ser útil ou necessário a criança fazer uso das lentes de contato.

Uma outra situação em que o uso das lentes de contato tem indicação são nos casos de anisometropias (diferença muito grande do grau entre os dois olhos). Neste caso pode ser utilizado o grau total, o que muitas vezes nem sempre é tolerável com os óculos, resultando em uma melhora significativa na visão binocular.


Além disso, nos casos em que haja alguma doença corneana, como por exemplo, o ceratocone, as lentes de contato em algumas situações podem fornecer uma acuidade visual melhor que os óculos.


Um estudo recente, publicado em Outubro de 2019 na Acta Ophthalmol denominado Segurança de Lentes de Contato Gelatinosas em Crianças: Revisão Retrospectiva de Seis Ensaios Clínicos Randomizados e Controlados de Controle de Miopia (Safety of Soft Contact Lenses in Children: Retrospective Review of Six Randomized Controlled Trials of Myopia Control), avaliou 581 crianças portadoras de miopia com idades entre 7 e 15 anos que apresentaram apenas efeitos colaterais sem gravidade em 4,5% dos pacientes ao ano.

O estudo demonstrou que o uso de lentes de contato em crianças é uma alternativa segura para correção óptica da miopia.

Apesar de trazermos nesse artigo a informação de que pode ser seguro que crianças façam uso de lentes de contato de acordo com suas necessidades, gostaríamos de reforçar que o uso só deve ser feito após consulta com um oftalmologista de confiança, pois assim haverá o real direcionamento da necessidade do uso das lentes de contato, a orientação com as informações necessárias para a utilização e o acompanhamento para a adaptação segura.


13 visualizações

Tel: 011-4521-3966

Rua Anchieta, 631/639, Vila Boaventura, Jundiaí-SP

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon